Blog do Eloi Zanetti – Consultoria, Palestras e Artigos de Marketing, Criatividade e Vendas

Blog do publicitário e escritor Eloi Zanetti. Consultoria, palestras, artigos e tudo o que você precisa saber sobre marketing e vendas. Curitiba – PR | Rua Senador Saraiva 78 | Telefone 3026-0222

  • RSS
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail

Gosto muito destas duas histórias – são de pessoas que souberam manter a fleuma ou a indignação “na hora da partida para o andar de cima.”

A primeira é sobre a mãe do juiz Brillat-Savarin (1755) que ao escrever o livro A Fisiologia do Gosto marcou o início da ciência da gastronomia e dos estudos dos prazeres da mesa e sem querer abriu a era dos restaurantes modernos. Aurora, sua mãe, foi quem lhe ensinou a gostar da boa comida. Aos 99 anos, esta senhora, sentada à mesa na hora do jantar sentiu-se mal e percebeu que ia morrer, bebeu um gole de vinho e com urgência pediu que lhe servissem a sobremesa. Comeu e morreu em seguida. Isto é que é presença de espírito e gosto pelos prazeres da boa mesa.

A outra é de um personagem de Nelson Rodrigues apaixonado pelo FlaxFlu. O individuo foi desenganado pelos médicos numa quarta-feira que lhe disseram que iria morrer antes do jogo do próximo domingo. Ficou indignado. Não por que iria morrer, mas porque não poderia assistir mais a um FlaxFlu. E o mestre Nelson acrescenta a sua dose de genialidade ao contar a história: “E ele nem poderia levar junto no caixão o seu radinho de pilha.”

Você poderá gostar também de: