Blog do Eloi Zanetti – Consultoria, Palestras e Artigos de Marketing, Criatividade e Vendas

Blog do publicitário e escritor Eloi Zanetti. Consultoria, palestras, artigos e tudo o que você precisa saber sobre marketing e vendas. Curitiba – PR | Rua Senador Saraiva 78 | Telefone 3026-0222

  • RSS
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail

Archive for fevereiro, 2011

O perigo de se deixar as “zelites” por sua própria conta, principalmente a nossa elite política, se é que possamos chamá-los assim, porque o dicionário define elite como “o que há de melhor em uma sociedade ou grupo, a nata, a fina flor da sociedade, grupo dos indivíduos mais aptos.” É que elas, as “zelites” vão se locupletar dos cofres públicos. Deputados aumentando seus próprios salários e leis que abonam  …




Alguns técnicos de futebol costumam dizer que um dos resultados mais perigosos do futebol é o 2 a 0. Porque com 1 a 0  o time normalmente continua atento, mas ao fazer o segundo gol, começa a relaxar. E aí, se toma um gol, o outro time se inflama, ganha força redobrada e pode virar o jogo. As empresas que estão vencendo num mercado tão competitivo como o de hoje  …




As estratégias geradas pelas diretorias precisam chegar a todos na empresa. Pesquisas mostram que apenas 5% do planejado chega àqueles que executam as ações. Essa falha acontece pela falta de comunicação interna. Ora, uma estratégia que não foi comunicada, não existe. E os gerentes são os grandes responsáveis em fazer com que as estratégias cheguem aos seus subordinados…. É isso se faz pela comunicação. Os gerentes devem se conscientizar de  …




Por mais que os futurólogos queiram prever rumos e acontecimentos existem certos fatos que não são previsíveis. Eles acontecem e mudam tudo, até o rumo da humanidade. Só depois que eles acontecem é que enxergamos que o contexto para acontecê-los estava pronto. Exemplos – ninguém previu a Internet, nem o uso massificado do computador pessoal e a queda das Duas Torres. Mas o contexto estava favorável. Se pudéssemos prever o  …




Já estou enjoado de ouvir  “ôtoridades” darem desculpas esfarrapadas sobre tudo o que deveriam fazer pela sociedade e não fazem. Prestem atenção nas suas entrevistas, principalmente quando acontece alguma coisa de errado e morrem pessoas ou propriedades são destruídas. São todos agentes de causas passadas. É sempre em tom de desculpa e que eles estão fazendo de tudo para arrumar a casa.  Por que é que não arrumaram antes? Assim são  …




Massacrado pela “ideologia” de alguns grupos a palavra neoliberal perdeu seu sentido verdadeiro. Carlos Alberto Sardenberg esclarece o termo com o seu excelente livro Neoliberal, não. Liberal. Para entender o Brasil de hoje e de amanhã. Como nos seus trabalhos na TV e rádio, Sardenberg leva para o livro a sua maneira simples de explicar as coisas. Vale a leitura.




A propósito da saída de Ronaldo do Corinthians, hoje, reproduzo artigo que publiquei em 09 de março de 2009 – quando ele  fez o seu primeiro jogo pelo Corinthians – uma partida memorável. Os povos antigos cultuavam vários deuses. Havia divindade para tudo: plantio, colheita, amores, caça, guerra, paz e, se duvidar, até para dor de dente. O deus do vinho era Baco e a da cerveja Ceres. Do alto  …




Recentemente acompanhei a reforma da casa de minha sogra. Por lá passaram vários tipos de profissionais: pedreiros, serventes, marceneiros, colocadores de vidros, entregadores, eletricistas. Muitos deles faziam o que tinham que fazer e iam embora. Um dia chegou o lixador de tacos, um cara nojento que logo de início ganhou a minha antipatia. Veio numa Kombi velha e na entrada  reclamou dos entulhos e das caliças, coisa normal em qualquer  …




Quando Zeus, deus dos gregos, quis punir a arrogância do homem, criou dois castigos: o trabalho e a mulher. Do primeiro, nasceu a necessidade de lavrar a terra, produzir e preparar o próprio alimento. Para tanto, o homem se apropriou do fogo e, por meio deste, inventou o uso das ferramentas. A frase “Comerás o pão com o suor do teu rosto” existe também em outras histórias. O segundo, o  …




As abelhas vivem em uma grande comunidade

Quanto mais as pessoas se ajudam, mais a comunidade prospera. Antropólogos calculam em aproximadamente doze mil anos o tempo em que nós humanos começamos a nos reunir de forma social, em tribos, para melhor sobreviver neste perigoso planeta chamado Terra. Dizem também que, na natureza, os seres vivos, animais e vegetais que mais chances têm de sobrevivência, em longo prazo, são aqueles que mais cooperam entre si, sendo ou não  …