Blog do Eloi Zanetti – Consultoria, Palestras e Artigos de Marketing, Criatividade e Vendas

Blog do publicitário e escritor Eloi Zanetti. Consultoria, palestras, artigos e tudo o que você precisa saber sobre marketing e vendas. Curitiba – PR | Rua Senador Saraiva 78 | Telefone 3026-0222

  • RSS
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail

Dica de produtividade pessoal

 

Repasso texto que recebi do meu amigo Daniel Burd – especialista no método GTD de administração de tempo.

Ricardo usa a metodologia GTD há tempos, mas vem enfrentando um desafio diário. Como lidar com suas listas de tarefas infindáveis? Aproximadamente 80 projetos e um total de 800 tarefas. Diariamente ele consegue fazer uns 20 itens da lista e inclui outros tantos, ou seja, as suas listas nunca serão zeradas. Esse é o dilema do trabalhador do conhecimento. Suas listas de tarefas nunca serão finalizadas.

Para você ter a sensação de dever cumprido ao final do dia, é preciso que defina o que é dever cumprido. Caso contrário você vai se matar de trabalhar e sempre sairá com a sensação de que ainda falta tanto, que não fez o suficiente, não importa quantas horas de trabalho você se imponha.

A técnica mais indicada para se viver bem com as listas intermináveis é a de filtros sucessivos.

 

Filtro semanal – revisão da próxima semana.

• A cada sexta feira ou sábado avalie as suas listas e crie uma lista menor e factível para a próxima semana. Só coloque na lista o que é imprescindível fazer na próxima semana – determine os dias e quanto de tempo vai gastar em cada tarefa.

• Assim criamos uma lista bem menor de tarefas, as quais já estarão no seu calendário. Colocar no calendário ajuda a se ter uma ideia de quanto efetivamente “cabe” na semana.

 

Filtro diário – o que eu vou fazer hoje, sem falta.

• Ao início de cada dia o olhe a agenda e veja o que realmente deve e pode ser feito naquele dia. Foque somente nestas tarefas. A grande lista de tarefas é, dessa forma, consultada somente uma vez por semana, no planejamento da semana seguinte, e depois durante a semana consulta-se somente o calendário.

A meta não é “zerar” todas as tarefas, isso é impossível. O importante é definir o que deve ser realmente realizado, concluído. Não adianta correr para tentar fazer tudo o tempo todo. É preciso filtrar sempre e definir para você mesmo o que é “missão cumprida.”

Mais informações sobre o método GTD www.calldaniel.com.br

 

Você poderá gostar também de:

  • Paulo Perantunes

    Interessantíssimo a forma como pode ser tratado o assunto. Esse método me parece muito eficaz para quem dita o próprio tempo.

    Posso estar falando besteira, mas não sei como poderia aplicar no meu dia a dia de afazeres, tendo em vista inimagináveis mudanças de prioridades e novos possíveis projetos feitos pelo diretor da empresa.

    Eu não tenho “medo” em falar que tal projeto não pode ser feito em determinado tempo, até falo diretamente. Porém o ego e a imagem do próprio diretor da empresa se coloca a prova nessas horas e em algumas vezes é muito mais fácil fazer a troca de um funcionário “rebelde”.

    É triste ver a desvalorização de um profissional quando uma empresa troca a qualidade de um serviço pela agilidade de concluir algo sem um mínimo dessa qualidade em questão.

    Eu sou um aspirante coordenador de marketing em uma empresa que não valoriza essa área.

    Obrigado pelo texto!

  • Gostei do post.
    A criação de listas de tarefas é fundamental para o planejamento do seu tempo e uma boa produtividade.
    Tenho o costume de criar minhas listas semanais no domingo, e também as minhas listas diárias logo no início da manhã de cada dia.