Blog do Eloi Zanetti – Consultoria, Palestras e Artigos de Marketing, Criatividade e Vendas

Blog do publicitário e escritor Eloi Zanetti. Consultoria, palestras, artigos e tudo o que você precisa saber sobre marketing e vendas. Curitiba – PR | Rua Senador Saraiva 78 | Telefone 3026-0222

  • RSS
  • Linkedin
  • Facebook
  • Twitter
  • E-mail

Adquira o hábito de escutar seus funcionários e colaboradores

 Uma das queixas mais frequentes, por parte dos funcionários, quando organizo seminários de vendas-comunicação, é que seus diretores e gerentes tomam decisões sem consultar ninguém. “Se eles ao menos nos escutassem, não tomariam tantas decisões erradas com prejuízos e trabalhos desnecessários para todo mundo” – dizem em coro.

Recentemente um empresário de uma rede de restaurantes disse em entrevista: – Não pinto uma parede sem ao menos escutar umas vinte pessoas. O dono do negócio não consegue enxergar tudo, por isso precisamos conversar sempre. Esse mesmo empresário há uns 20 anos instituiu o costume de ouvir seus clientes e colaboradores, quando montou sua primeira cantina. Na ocasião ele perguntou aos fregueses: – O que vocês acham da minha cantina? Eles disseram:  – A comida é boa, porém um pouco pesada para quem vai trabalhar à tarde. Não dá para fazer um cardápio mais leve? – “Dá. E o que mais? -As mesas são muito próximas umas das outras; se estamos em um almoço de negócios não queremos que os vizinhos ao lado, na outra mesa, escutem o que estamos conversando. Ele mexeu no cardápio, retirou algumas mesas para dar mais privacidade aos seus clientes e construiu uma rede de sucesso.

Funcionários que estão nas linhas de frente em contato com os clientes, ou junto às máquinas e processos, conhecem muito mais o trabalho do que aqueles que estão gerenciando. Certa vez, ao atender outra rede de restaurante, só em uma unidade, ao conversar com o guardador de carros, conseguimos mais 16 vagas no pátio de estacionamento. Se na hora do almoço havia quatro rodadas na alimentação, imagine quanto essas 16 vagas a mais valem em um ano.

Ao escutar nossos colaboradores de forma desarmada e abertos à comunicação, nos livramos de algumas decisões erradas e conseguimos colaboração. A escuta estimula o trabalho em equipe, motiva e facilita a implantação de processos e ações. Ao dar sua opinião, o funcionário se compromete com o trabalho e com a empresa. Alexandre, o grande guerreiro, disse: “A consideração a que nenhum homem resiste é que os outros escutem o que ele tem a dizer.”

Você poderá gostar também de: